Aviação Adventista faz primeiro pouso em vila remota da Oceania

O povo de Wetap, em Oksapmin, Telefomin, na província de Sandaun, em Papua Nova Guiné, testemunhou o pouso de uma aeronave do Serviço Adventista de Aviação (SAA) pela primeira vez em sua vila.

 O comandante Jeff Downs, diretor executivo do SAA em Goroka, fez um de seus últimos voos para testar a pista recém-construída em Wetap antes de findar seu serviço no país e voltar para os Estados Unidos no fim do maio.

Downs estava acompanhado de seu filho, dois inspetores, Charlie Ikosi e Osera Tairen, da Rural Airstrips Agency (RAA, Goroka) [Agência de Pistas Rurais], e do pastor adventista Ronald Luke, bem como de um homem de Wetap, residente em Goroka.

 Sem infraestrutura viária disponível, o povo de Wetap tem sido privado de serviços básicos, como escolas e hospitais, pelos últimos 43 anos.

 “Pela primeira vez, depois de longos anos de negligência, estamos muitos felizes por ver uma aeronave aterrissando em nossa vila”, comemora Hohai, um pioneiro adventista que foi batizado quando os primeiros missionários chegaram a Wetap, em 1964. Ele destaca que seus filhos terão benefícios de longo prazo com esse projeto.

 União de esforços

 A abertura da pista na comunidade levou um ano e meio para ser concluída, usando uma mescla de ferramentas manuais, tradicionais e modernas. Ainda são necessários alguns toques finais até que esteja totalmente concluída, em junho.

 Um membro da guarda local, Dipop, e outros jovens, como Oiken, Shedric e Kerema estiveram à frente no levar a comunidade a pôr a cabeça e mãos na terra com a esperança de ver uma luz brilhando acima e que esses esforços fossem recompensados. “Fale a respeito da bondade de Deus e louve Seu nome pela bênção que Ele proveu”, incentiva Downs quando lhe pediram que opinassem sobre a iniciativa.

O povo de Wetap manifestou gratidão a Deus e ao SAA. “Agora podemos também nos beneficiar de serviços básicos como qualquer outro cidadão em Papua Nova Guiné”, sublinha.

 Esperança nos ares

 O SAA está em operação no país desde 1964. De acordo com seu website, sua missão é apoiar o trabalho da Igreja Adventista do Sétimo Dia na localidade ao oferecer transporte confiável e de baixo custo. Ele também provê vários serviços às comunidades vizinhas e acesso a áreas remotas que são inacessíveis por estradas.

 Nesse trabalho específico para apoiar a missão da Igreja Adventista no país do Sul do Pacífico, o SAA provê transporte a pastores, professores e obreiros bíblicos. Ele também voa regularmente transportando materiais de construção para a edificação de igrejas, escolas e clínicas.


Por Ronald Luke, Adventist Record e Adventist Review

Categoria:Geral

Deixe seu Comentário